Categorias

Mais recentes

CLUBE FAZENDA NOTA 10

CLUBE FAZENDA NOTA 10! INICIATIVA AJUDARÁ QUEM NÃO CONSEGUE MEDIR OS NÚMEROS DO REBANHO

11 de Outubro de 2023

Leia mais

Mais visitados

Aprofunde-se no plano de negócios, pois na prática, nem tudo dá certo

Era o aluno mais motivado de uma turma de um de nossos cursos de gestão de fazendas. A mudança seria radical no projeto, mas ele estava decidido, pois a ideia prometia mui

29 de Março de 2019

Leia mais
Saiba como evitar o desperdício na Pecuária

Para o pecuarista obter maiores índices de lucratividade, em sua propriedade, não basta apenas produzir e vender mais, é necessário também controlar custos e evitar desperdícios, o que acaba ocorrendo

27 de Maio de 2020

Leia mais
Solução Completa para Gestão de Fazendas Lucrativas

A pecuária atual não é mais para amadores, o gerenciamento da empresa pecuária é fundamental. Para ser um excelente gestor, o produtor precisa conhecer os principais indicador

26 de Abril de 2022

Leia mais

Apostando no uso de tecnologias, fazenda em MG produziu 69@/ha na última safra

Propriedade reduziu 85% do custo com energia usando painéis solares e diminuiu em 50% o investimento necessário em fertilizantes aproveitando dejetos do confinamento

Em novo episódio da série especial “Repórter Nissan” que foi ao ar no Giro do Boi desta segunda, dia 27, destaque para visita à Fazenda Cigana, propriedade localizada em Campestre, município de Minas Gerais. Mais do que exemplo de produtividade, a propriedade se tornou referência em sucessão familiar entre pai, o experiente pecuarista Chico Boiada, e sua filha, a zootecnista Ana Paula da Silva.

“Tem sido um trabalho conjunto de amadurecimento e autoconhecimento que fizeram o nosso negócio crescer, evoluir. A relação com meu pai também melhorou aqui dentro da fazenda e ainda temos muito a fazer, mas já estamos colhendo os frutos”, comentou Ana Paula.

Os “frutos” da fazenda, de fato, já são bem expressivos. Na última safra, a Fazenda Cigana produziu 69 arrobas por hectare com muita intensificação do uso do pasto e também usando confinamento como ferramenta na terminação.

No manejo do pasto, a integração com o cultivo de batata, proporcionada pela parceria com agricultores da região, reforçou a condição de fertilidade do solo. Além disso, o custo com fertilizantes usados tanto no pasto como nas lavouras próprias de milho e sorgo foi reduzido em até 50% depois que a Fazenda Cigana se preparou para utilizar os dejetos do confinamento na adubação orgânica.

“Nós temos parceria com alguns batateiros e como nós não plantamos soja, é somente pecuária, a gente faz a reforma de pasto fazendo arrendamento para batata, que é ótimo e é uma maneira que a gente encontrou de estar reformando as áreas”, aprovou Ana Paula.

Outro exemplo de uso sustentável de tecnologia está na instalação de painéis para geração de energia solar, o que viabilizou redução de 85% na conta da energia elétrica na fazenda.

As novidades preencheram justamente as lacunas identificadas como entraves para melhoria do resultado da Fazenda Cigana pelo programa Fazenda Nota 10. A propriedade faz parte do programa de gestão e comparação de resultados desde a sua origem, quando ainda levava o nome de Conexão Gestão. “Foi um momento de muita troca de experiências entre os participantes, foi ótimo. A gente fazia visitas também, tivemos a oportunidade de ir na Embraer, fazendas grandes de leite, fazendas dos nossos companheiros, então foi muito bacana fazer parte do projeto piloto. […] Fez a gente enxergar números e eu lembro que no nosso primeiro resultado eu fiquei um pouco assustada, eu peguei o computador daqui da fazenda, cheguei em casa e fiquei três dias trancada. […] (A fazenda tinha) custo excessivo com insumos, com mão de obra também. […] O programa fez e faz a gente enxergar os pontos críticos a serem melhorados”, ressaltou a zootecnista.

A gestora da Fazenda Cigana reforçou que embora os resultados já sejam positivos, há uma boa parte do caminho ainda a ser percorrida. “É muito intensiva a nossa produção. A nossa produção de arrobas por hectare é muito alta, mas a gente tem que sempre ficar muito atento à nossa margem para estar produzindo e tendo lucro também”, ponderou.

22 de Outubro de 2021

665

Autor

Inttegra
Inttegra

Título