Categorias

Mais recentes

CLUBE FAZENDA NOTA 10

CLUBE FAZENDA NOTA 10! INICIATIVA AJUDARÁ QUEM NÃO CONSEGUE MEDIR OS NÚMEROS DO REBANHO

11 de Outubro de 2023

Leia mais

Mais visitados

Aprofunde-se no plano de negócios, pois na prática, nem tudo dá certo

Era o aluno mais motivado de uma turma de um de nossos cursos de gestão de fazendas. A mudança seria radical no projeto, mas ele estava decidido, pois a ideia prometia mui

29 de Março de 2019

Leia mais
Saiba como evitar o desperdício na Pecuária

Para o pecuarista obter maiores índices de lucratividade, em sua propriedade, não basta apenas produzir e vender mais, é necessário também controlar custos e evitar desperdícios, o que acaba ocorrendo

27 de Maio de 2020

Leia mais
Solução Completa para Gestão de Fazendas Lucrativas

A pecuária atual não é mais para amadores, o gerenciamento da empresa pecuária é fundamental. Para ser um excelente gestor, o produtor precisa conhecer os principais indicador

26 de Abril de 2022

Leia mais

Aprenda a produzir mais e melhor

Pecuarista investe em conhecimento, transforma a cultura da gestão e do relacionamento com as equipes e eleva o patamar de produtividade

https://www.youtube.com/watch?v=T5IfD0BFCHE

A Fazenda Caruru, localizada em Nova Monte Verde, extremo norte de Mato Grosso (quase no Pará), fechou sua a primeira safra como participante do Programa Fazenda Nota 10 com resultados altamente satisfatórios. Tanto que a ideia é seguir por mais uma temporada. O Fazenda Nota 10 é uma iniciativa da parceria entre o Inttegra (Instituto de Métricas Agropecuárias) e a Friboi. Com o uso adequado das ferramentas da plataforma e a orientação dos mentores do programa, foi possível, por exemplo, elevar em 103,4% o ganho médio diário (GMD) de peso global do rebanho. E o que é ainda mais favorável: sem a necessidade de alterar o trato do rebanho.

GMD global do rebanho cresceu 103,4% com adequação da gestão da fazenda, dos pastos e do rebanho

Miguel Rech, o gestor da propriedade, explica que a transformação veio, entre outras coisas, pelo melhor aproveitamento da infraestrutura, sobretudo das pastagens, o que favorece o potencial genético do rebanho, e por uma revisão na forma de como se relacionar com os colaboradores. “As pessoas estão mais motivadas”, diz. Hoje, a gestão se tornou colaborativa, a equipe de campo tem participação direta na definição das estratégias de trabalho e isso aumentou o engajamento no dia a dia.

Todas as segundas-feiras há reuniões para fazer o balanço da semana anterior, propor correções e melhorias e planejar as ações até o novo encontro semanal. “Seria muito mais fácil apenas delegar as tarefas, mas o resultado é muito melhor quando os funcionários participam das discussões, pois se sentem motivados e produzem melhor”, diz Miguel. “Aumentou a confiança, e no ambiente onde há confiança podemos discutir as coisas de forma saudável.”

Mudança de cultura: participação da equipe nas decisões do dia a dia trouxe resultados mais positivos

Toda essa evolução é consequência de um processo de aprendizado que vai completar dez anos, desde que Miguel assumiu a gerência da propriedade, herdada por sua esposa, Traute Rech. “Ela é a proprietária e cuida da parte administrativa. E não dá moleza, não”, comenta. Os filhos do casal se tornaram investidores do negócio e convidaram Miguel para ser o responsável pelo operacional. À primeira vista, ele achou que seria uma missão bem tranquila, pois vindo do setor industrial já trabalhava com planejamento e metas visando à lucratividade. Mas não foi bem assim.

Rech (dir.) e colaboradores da Caruru: mais conversa e confiança) 

A IMPORTÂNCIA DE MEDIR

 

Após quatro anos implementando melhorias, como limpeza dos pastos, adoção de inseminação artificial em todo o rebanho e construção de cochos para sal mineral, os resultados não eram como esperado. “Tiramos a juquira dos pastos, mas ela acabou voltando, então só trocamos as plantas daninhas velhas por novas; os bezerros de inseminação nasciam bonitos e cresciam bem, mas na apartação murchavam igual a maracujá velho, porque não tinham trato”, comenta.

 

O resultado incompatível aos investimentos fez com que buscassem ajuda do Sebrae, e daí veio a indicação de uma consultoria especializada em atividades agropecuárias, a Campo S/A. “Eles identificaram que nossos principais problemas, naquele momento, estavam na recria e na alimentação”, diz Miguel. “Aprendemos a manejar o pasto e começamos a experimentar as mudanças em 10% da área antes de expandir. Fizemos análise de solo, repartimos os piquetes, colocamos água bombeada de uma lagoa e corrigimos os cochos de alimentação.” O negócio evoluiu, mas podia ir além. “Meu filho ficou sabendo do Fazenda Nota 10, então inscrevemos a fazenda e fomos aprovados. Daí começou um novo passo na nossa história”, acrescenta o gestor.

 Pastagem na fazenda: manejo correto fez resultados aparecerem 

NA DIREÇÃO CERTA

 

O objetivo do programa é levar aos pecuaristas referências produtivas e financeiras relevantes à gestão e às equipes e, por meio de educação e tecnologia, mostrar o que realmente impacta dentro do negócio e direcionar os caminhos para uma pecuária mais eficiente. O Fazenda Nota 10 ajuda o pecuarista a identificar a real situação do negócio e em quais pontos deve trabalhar para aprimorar todo o processo. Foi o que aconteceu na Fazenda Caruru. Miguel conta que já anotava vários dados sobre a produtividade do rebanho, mas lhe faltavam referências para comparar e o direcionamento sobre como utilizar essas informações. Era preciso transformá-las em conhecimento.

 

A realidade da fazenda mudou quando os dados viraram conhecimento

 

O primeiro passo, a partir das métricas, foi identificar exatamente em que ponto se encontravam. Com esse quadro bem claro, foi possível fazer comparações com as demais propriedades do Fazenda Nota 10 – preservando a privacidade das informações de cada uma – pelo benchmarking da plataforma do programa. Daí veio a identificação dos principais gargalos. Em seguida foram definidos o planejamento, as metas e a nova linha de gestão. “Esse é um lado muito importante do programa, ele mostra a estrada, as curvas, as pontes e temos uma direção nas mãos”, diz Miguel. Pode-se dizer que a Fazenda Caruru entrou na era da pecuária de precisão, e a colheita de bons resultados aumentou. Para se ter ideia, o ganho médio diário (GMD) de peso do lote de recria cresceu 27,3%, passando de 692 para 881 gramas. Vale reforçar: isso ocorreu sem mudar o trato – pasto e proteinado – nem a genética, apenas foram mais bem aproveitados.

 

A partir desta safra, os inscritos terão um valioso reforço na equipe de mentoria que fará as masterclasses do Fazenda Nota 10. Além de Antonio Chaker, coordenador do Inttegra; Rodrigo Gennari, líder de Projetos do Fazenda Nota 10; e Jacqueline Lubaski (gestão de pessoas), CEO da Destrave Desenvolvimento; o programa passa a contar com nomes de peso na pecuária brasileira como Gustavo Rezende Siqueira, pesquisador da Apta (Colina, SP), na área de nutrição; Mateus Paranhos, professor da Unesp (Jaboticabal, SP), sócio da BE Animal e um dos nomes mais respeitados do País em bem-estar animal; e José Luiz Moraes Vasconcelos, o “Professor Zequinha”, da FMVZ-Unesp (Botucatu, SP), especialista em reprodução.

 

Fonte: Giro do Boi

 

Link: https://www.girodoboi.com.br/noticias/aprenda-a-produzir-mais-e-melhor/

6 de Agosto de 2021

653

Autor

Inttegra
Inttegra

Título